Constipação durante a gravidez – Quais as causas e os melhores tratamentos

2019-01-24 Off Por Rafael Souza

O que causa aquela constipação chata durante a gravidez – e o que você pode fazer quando seu corpo parece realmente não querer funcionar  ?.

Constipação durante a gravidez - Quais as causas e os melhores tratamentos

 

Quando a constipação geralmente começa durante a gravidez?

A constipação começa quase sempre que os níveis de progesterona se elevam, isso em torno do segundo ao terceiro mês de gravidez. Quase sempre piora, à medida que a gravidez progrida e com o crescimento do útero.

O que causa a constipação durante a gravidez?

Tal como ocorre com outros tantos sintomas da gravidez, os hormônios da gravidez causam todo esse problema de constipação. A progesterona faz com que os músculos de suas entranhas fiquem mais relaxados, permitindo que a comida fique por mais tempo do que deveria no trato digestivo. A vantagem é que há mais tempo para que os nutrientes sejam retidos pelo seu corpo, indo até sua corrente sanguínea e chegue também ao seu bebê. O problema é que você acaba ficando com uma barriga sempre estufada. Seu útero em expansão também irá ocupar um espaço valioso quase sempre ocupado por seu intestino, sobrecarregando sua atividade habitual.

O que posso fazer sobre a constipação quando estou grávida?

Você não precisa passar por nove meses de sofrimento. Existem muitas dicas para resolver o congestionamento do cólon (ao mesmo tempo em que evita qualquer possibilidade de hemorróidas, um efeito colateral sempre associado a constipação):

Procure se alimentar de mais fibra. Alimentos que possuem muitas fibras ajudam a limpar seu corpo; Tenha como meta 25 a 35 gramas por dia. Verifique os rótulos dos alimentos, mas não precisa ficar sempre focada nisso. Em vez disso, foque em se alimentar de cereais integrais e pães, legumes (ervilhas e feijões), frutas frescas e legumes (crus ou levemente cozidos – de preferência com a pele deixada) e frutas secas.

Procurar aumentar o consumo de vegetais verde também pode te ajudar muito, tanto na forma de vegetais verdes folhosos ou mesmo de frutas como o kiwi, que tem um efeito laxante potente. Para uma adição ainda maior, tente colocar um pouco de farelo ou psílio à sua dieta, começando com apenas um pouco e vá aumentando conforme a necessidade.

Certifique-se de questionar seu médico antes de fazer isso, e sempre, procure não exagerar, já que essas usinas de fibra podem transportar nutrientes importantes antes que possam ser absorvidos. (Também estar preparado para alguma flatulência, outra queixa comum da gravidez, bem como um efeito colateral temporário de aumentar a fibra em sua dieta.)

Evite a farinha refinado. Procure, pelo menos por agora, não consumir grãos refinados (pão branco, arroz branco, cereais refinados e massas), que tendem piorar as coisas.

Beber. Procure todo dia tomar 12 a 13 copos cheios de líquidos ( água , sucos de vegetais ou suco de frutas ) todos os dias, o que irá manter os sólidos se mexendo através de seu trato digestivo, o que torna suas fezes ainda mais macias e fáceis de serem expelidas. Você também pode procurar aumentar o consumo de líquidos quentes, incluindo água quente e limão, para ajudar a estimular o peristaltismo (as contrações intestinais que ajudam você a ir ao banheiro). Um belo suco de ameixa é uma boa escolha para casos mais sérios, já que é um laxante suave.

Não exagere na quantidade das refeições. Grandes refeições podem forçar muito o seu trato digestivo. Tente manter seis mini-refeições por dia, em vez de três grandes refeições, e assim você também vai sentir menos gases e inchaço .

Vá ao banheiro assim que sentir a vontade. Segurar a vontade de ir ao banheiro pode enfraquecer os músculos que gerenciam seus intestinos, o que pode levar à constipação, por isso tente ir sempre na hora que for necessário.

Reveja seus suplementos e medicamentos. Engraçado, mas muitos dos suplementos e medicamentos que suportam uma boa gravidez ( vitaminas pré-natais , suplementos de cálcio e ferro e antiácidos) podem piorar os problemas d constipação. Sendo assim, pergunte ao seu médico sobre alternativas (como suplementos de ferro de liberação lenta ) ou mudanças nas doses até que a situação esteja melhor. Também questione o seu médico sobre o uso de um suplemento de magnésio para auxiliar a combater a constipação. O consumo a noite pode aliviar os músculos doloridos, e também ajudá-lo a dormir melhor.

Se atenha ao consumo de probióticos . O probiótico acidophilus, presente em iogurtes que contêm culturas ativas, ajudam as bactérias intestinais a quebrar melhor os alimentos para ajudar a deixar as coisas em movimento. Você também pode requisitar ao seu médico que indique um bom suplemento probiótico em cápsulas, mastigáveis ​​ou em pó que possam ser adicionados aos sucos.

Exercícios. O exercício feito de forma frequente pode durar a gravidez inteira, o que estimula os movimentos intestinais regulares. Até mesmo uma caminhada simples de 10 minutos pode fazer as coisas ficarem melhores, sendo assim, certifique-se de que está praticando a quantidade recomendada de exercícios aprovados pelo praticante.

Faça seus Kegels. Exercícios que envolvem o assoalho pélvico podem ajudar a mantê-lo em dia com o banheiro.

Procure não consumir laxantes estimulantes. Nem todos os laxantes (especialmente os herbais ou caseiros) são seguros durante toda a gravidez. Converse com seu médico antes de tomar qualquer medicação de constipação ou remédio.

Posso prevenir a constipação durante a gravidez?

Hábitos alimentares saudáveis e a prática de exercícios regulares ajudam um sistema digestivo mais eficiente, o que pode ajudar a diminuir as chances de constipação durante toda a gravidez. Consumir sempre muitos alimentos ricos em fibras (frutas, verduras, grãos integrais, feijões), beber bastante água e permanecer (ou se manter ) ativo podem ajudar a  prevenir a constipação, em contra ponto a desaceleração digestiva natural da gravidez.

Quando posso esperar que a constipação termine enquanto estou grávida?

Para um bom número de mulheres, a constipação pode durar por toda a gravidez, à medida que os níveis de progesterona se elevam. No entanto, se você alterar seus hábitos alimentares e começar a prática de exercícios, as coisas geralmente começam a se mover mais suavemente.

 

Ah, é importante também seguir algum Treinamento Gestacional, como o My Fitness Mom.

Somos a inovação em treinamento gestacional! Nesse programa 100% online, gestantes poderão treinar no conforto de sua casa, em apenas 15 minutos diários e sem a aquisição de materiais extras. Esqueça o deslocamento até a academia, a mensalidade e até o alto custo de um personal trainer. Nossas aulas foram criadas por profissionais da área da saúde, proporcionando segurança a gestante e seu bebê. Tudo isso por um preço que vai democratizar a pratica de atividade física durante a gestação. Evite as dores nas costas, o inchaço e ganho de peso descontrolado. Venha participar do nosso programa e tenha a certeza de aproveitar ao máximo cada momento dessa experiencia incrível que é estar gravida. Para entrar, clique aqui.