Listeriose durante a gravidez – Quais os riscos e como evitar

2019-06-06 Off Por Rafael Souza

Como se proteger desta doença de origem alimentar – e o que fazer se você acha que pode ter sido exposto.

Na sua primeira consulta pré-natal, seu médico provavelmente conversou com você sobre todos os alimentos que você deve evitar durante a gravidez – sushi, carne crua, carne de vaca e queijo não pasteurizado – para evitar a exposição à listeria.

Listeriose durante a gravidez - Quais os riscos e como evitar

Isso porque consumir essa bactéria às vezes pode deixá-lo doente, e essa possibilidade extremamente improvável se torna mais provável quando você está esperando. Felizmente, existem etapas que você pode adotar para reduzir muito seu risco. Veja como, junto com o que acontece se você acha que foi exposto.

O que é listeriose?

A listeriose é uma doença causada pela ingestão de alimentos contaminados com a bactéria listeria monocytogenes. Tenha em mente que simplesmente ser exposto à listeria, no entanto, não significa que você irá desenvolver uma infecção. De fato, a maioria das mulheres expostas à listeria não desenvolverá uma infecção por listeriose.

O risco de listeriose durante a gravidez

Embora a probabilidade de ser infectado com listeriose ainda seja muito, muito baixa, ela é significativamente (13 vezes) maior durante a gravidez – e o potencial de causar problemas na gravidez é maior. Listeria, ao contrário de muitos outros germes, entra diretamente na corrente sanguínea e, portanto, pode chegar ao bebê rapidamente através da placenta (outros contaminantes alimentares geralmente ficam no trato digestivo). E uma infecção não tratada pode colocar o bebê em maior risco de complicações mais sérias, incluindo aborto, parto prematuro, natimortalidade ou meningite em recém-nascidos.

Sintomas de listeriose

A listeriose pode ser difícil de detectar, em parte porque os sintomas podem se desenvolver até dois meses após a ingestão de alimentos contaminados e podem variar de severos a leves. Se você acha que pode ter comido alimentos que contenham listeria, procure sintomas semelhantes aos da gripe, incluindo:

  • Febre acima de 37 ° C
  • Dor muscular
  • Dor lombar
  • Dor de cabeça
  • Sintomas gastrointestinais, incluindo diarreia

Observe que você pode ter febre apenas ou pode não apresentar nenhum sintoma. Por isso, é importante entrar em contato com seu médico, mesmo que você acredite que o que está sentindo pode ter sido causado por outra coisa.

Se você acha que foi exposto a listeria

Em muitos casos, uma abordagem de observação e espera dos sintomas é tudo o que é necessário.

Se você está com sintomas e seu médico previne uma infecção por listeriose, ele pode pedir sangue ou outros testes para verificar as bactérias e monitorar a saúde do seu bebê. Se você foi infectado, você receberá uma receita para antibióticos.

O que você deve fazer para se proteger?

Uma das melhores maneiras de prevenir a listeriose é evitar alimentos com maior probabilidade de serem contaminados. Esses incluem:

  • Cachorro-quente, almoço ou frios que estejam frios ou aquecidos abaixo de 165 graus
  • Patê e carne refrigerados
  • Frutos do mar refrigerados e defumados (como salmão defumado)
  • Leite não pasteurizado e queijos de pasta mole (como feta, queijo branco, brie e queijos de pasta azul)
  • Frutas frescas não pasteurizadas e suco de vegetais (se você não tiver certeza se um suco foi pasteurizado, não beba)
  • Produtos crus não lavados
  • Alfafa e outros brotos

Mais algumas dicas para se manter seguro:

Lave sempre os produtos (incluindo os mirtilos orgânicos do mercado do fazendeiro) completamente em água corrente, mesmo que você esteja planejando descascá-los ou cozinhá-los.

Como precaução, mesmo as carnes prontas devem ser aquecidas para cozinhar antes de comer.

Quando comer fora, fique atento aos sinais de que o restaurante não segue as regras básicas de higiene (e deve ser bastante óbvio): alimentos perecíveis são mantidos à temperatura ambiente, os banheiros são sujos, é temporada aberta para moscas, etc.

Infelizmente é impossível saber ao certo se a comida que você compra hoje será lembrada amanhã – tornando impossível evitar a listeria por completo. Dito isso, o risco de contrair a infecção do dia-a-dia é extremamente baixo, mesmo se você estiver esperando. Portanto, tente não deixar que as preocupações sobre uma possível contaminação de alimentos consumam você. Em vez disso, gaste sua energia com foco no que você pode fazer: Faça uma dieta balanceada e saudável para ajudar você e seu bebê em crescimento.