Os 6 sintomas mais desconfortáveis ​​do primeiro trimestre de gravidez

2019-01-21 Off Por Rafael Souza

Se o segundo trimestre da gravidez é a parte que seus cabelos ficam lindos, crescem em todo o corpo, e você se sente a mais radiante mulher da terra, o primeiro trimestre é hora que você fica toda inchada, nauseada e irritada com tudo. Pelo menos foi assim para mim.

Com todas as minhas três gravidezes, parece que senti todos esses sintomas – os negativos – quase na hora após a descarga de adrenalina de ver duas linhas azuis no teste. E posso confessar aqui: não foi nada bom ?.

Os 6 sintomas mais desconfortáveis ​​do primeiro trimestre de gravidez

De um estranho gosto em toda a minha boca a uma falta humor impressionante, aqui estão os piores sintomas que experimentei durante o primeiro trimestre das minhas gravidezes. Alguém mais aqui sentiu tudo ou foi só eu mesma? ?

1. Perder o apetite por qualquer coisa que tenha um bom valor nutricional

Minha terceira gravidez foi sem dúvida a pior de todas, em relação enjoo matinal (você sabe como é né?). Eu acordava sempre com fome, mas assim que ia na cozinha pensar no que comer, à procura de uma comida que cairia bem para o café da manhã, eu já ficava nauseada – e mais ainda, quando pensava algo saudável. Só de pensar em comer a minha torrada integral mesmo a minha querida farinha de aveia já fazia o meu estômago se revirar totalmente (e nem sequer me começar na forma de um suco mais grosso). Mas você sabe o que parecia aceitável para meu estomago? Salgados. Fritos ou assados, não importava.

2. Um estranho gosto metálico na minha boca

Logo na primeira gravidez, eu comecei a sentir um gosto metálico bizarro na minha língua que, embora fosse mais acentuada nos primeiros três meses, ela esteve comigo durante toda a minha gestação ?. Agora sei que ter um gosto metálico estranho não é considerado incomum em casos de gravidez – na verdade, até tem um nome e é bem comum: disgeusia – mas, confesso que, não conheço mais de três mães que também sentiram esse sintoma. Ele faz com que todos os alimentos (mesmo os alimentos mais comuns) tenham um gosto horrível. Até mesmo a água parecia que tinha metal dentro. Credo!

3. Inchaço extremo

Eu sei que todas sofrem de inchaço no primeiro trimestre, pois é um dos primeiros e mais comuns sinais de gravidez. Mas isso não deixa ela menos ruim.

Sim, é realmente linda uma mulher inchada por estar grávida, mas por outro lado, nada se encaixa! E também parece cedo demais para começar a usar roupas de grávidas! Então meu corpo estava mudando rapidamente, e tudo de uma vez ! Minha primeira e terceira gestações começaram no verão, então sempre consegui vestidos leves durante esse período. Mas meu segundo período de gestação começou no auge do inverno. Para ser sincera, não me lembro direito o que usei nesses três meses. Moletom? Calças de ioga? Acho que foi um pouco de tudo.

4. Emoções a flor da pele

A gravidez é um momento sem igual para as emoções de todas as mulheres, mas em particular para mim os primeiros dias foram sempre especialmente sensíveis (e complicados). Não só estava lidando com todos os aspectos físicos da gravidez (e os que estavam por vir) e os hormônios que me faziam sentir como uma bola de sangue alguns dias, eu ainda estava tentando aceitar em minha mente que seria responsável por mais uma vida ?.

Num minuto eu ficaria totalmente feliz e excitada, mas no próximo minuto, totalmente aterrorizada! E o seguinte depois, com raiva pelo meu marido por voltar para casa às 5:01 quando ele disse que estaria em casa às 5:00 em ponto! Realmente, foi um momento muito briguento e difícil para nós dois.

5. Gastar um terço do meu dia fazendo xixi ou tendo que fazer xixi

Enquanto o terceiro trimestre pode levar a fama de como trimestre que mais se faz xixi, o primeiro também não fica muito atrás. Na verdade, eu não conseguia fazer uma caminhada no parque sem ter que parar para fazer xixi, pelo menos uma vez! E como todos sabemos, os banheiros municipais não são um exemplo de limpeza. O aumento da micção é outro sintoma glorioso da gravidez precoce, mas o homem é sempre inconveniente.

6. Insônia

Apesar de sentir que  75 por cento de todas as minhas três gravidezes eu estive completamente cansada, à beira de tornar a narcolepsia uma nova melhor amiga, sempre comigo, eu nunca tive piores dores. Claro, o terceiro trimestre é o pior para dormir, por causa das mudanças físicas, durante o primeiro trimestre, minha mente não parava de pensar de forma acelerada. Isso foi uma má ideia? E se eu me tornar uma péssima mãe? E se minha filha odiar o irmãozinho dela? E se meu cachorro morder meu bebê? E se eu nunca mais dormir? (Além disso, há todo o ter que fazer xixi 200 vezes por dia coisa, lembra?) (Quer ajuda para dormir melhor durante a gravidez? )

Sempre que procurava sobre os sintomas que causam insônia na gravidez ou mesmo quando falava com amigos bem-intencionados, eu sempre recebia como resposta alguma interpretação de como não dormir era a maneira que meu corpo me preparava para ficar acordada com meu novo bebê a noite toda. Bloqueando meu o sono para me preparar para a total falta de sono no futuro? Isso parece desnecessário. E sim, sempre me sentia exausta. A solução: Prometo fazer tudo o que puder, apenas pensava nisso.

Ah, sabia que existe um curso chamado Grávida Sempre FIT – Dicas de Nutrição e Fitness Revelado!

São dicas de nutrição durante a gravidez e como ficar na melhor forma após os partos, todos os passos explicados dividido em 3 trimestres. Alimentos, exercícios antes, durante e pós o nascimento do bebê. Para se inscrever, entre aqui.