Os 6 sintomas mais desconfortáveis ​​do segundo trimestre da gravidez

2019-01-18 Off Por Rafael Souza

Náuseas, sensibilidade e uma canseira que não passa – tudo isso pode te derrubar durante o seu primeiro trimestre de gravidez, enquanto inchaço, azia e dores de virilha podem te fazer ficar irritada no segundo semestre.

Mas e o segundo trimestre da gravidez? É conhecido como o trimestre que realmente reflete a gravidez – aquele em que a comida parece ainda mais gostosa, aquele que suas roupas de maternidade se encaixam como uma luva, e você pode sentir o bebê sempre em movimento, as pessoas da rua podem dizer que você está grávida e sua energia parece irradiar. Ah, e sexo fica incrível nessa fase também! (Seu marido está com medo ? ? Não se preocupe, leia mais sobre maridos que tem medo de fazer sexo na gravidez aqui).

Mas deve ter algo ruim nisso tudo não? Infelizmente não tão maravilhoso. Enquanto eu diria que o segundo trimestre sempre é o meu preferido, há sim algumas desvantagens muito chatas, que eu vou compartilhar da forma mais sincera com você, porque eu te amo e não porque eu quero companhia para enfrentar essa barreira.

Aqui estão os piores sintomas da gravidez no segundo trimestre – os mais frustrantes que eu experimentei – e lembre-se que os seus top 6 podem ser totalmente diferentes (na verdade, espero não tenha nenhum sintoma desconfortável! ).

Os 6 sintomas mais desconfortáveis ​​do segundo trimestre

1. Desejos insaciáveis ​​por comidas sem muita qualidade

Passei um bom tempo do meu primeiro trimestre de gravidez no banheiro, vomitando com a cabeça quase dentro do vaso sanitário … ou mesmo na lata de lixo, dentro do balde de lavar roupa, uma vez foi na sacola do mercado e, pelo menos uma vez, memorável, no tapete novo da sala. Isso foi até o segundo trimestre, quando a náusea finalmente passou, e pude comer novamente tudo o que queria.

A desvantagem dessa fase de alivio era que eu tinha desejos muito forte durante praticamente o dia todo, e você pode apostar que eles não eram para devorar uma salada enorme. Tudo que eu queria nessa época era lanches, pizzas, cachorros-quentes e aqueles omeletes que você coloca tudo o que tem na geladeira, até ficar gigante. ?

2. Um nariz (quase sempre) entupido

Todo esse estrogênio a mais que está agora no seu corpo faz com que todas as suas membranas fiquem inchadas – incluindo aquelas presentes em suas passagens nasais. Isso quase sempre ocorre durante o segundo trimestre, e ela vai se tornar comum para você, não importa quantas vezes limpe seu nariz. (Lembre-se, assoar o nariz muitas vezes dentro de um espaço curto de tempo pode realmente piorar a situação dentro do seu nariz.)

A única coisa que realmente me trouxe algum alivio para que eu pudesse dormir pelo menos um pouco foi um era o spray nasal, que usei de forma controlada (sabia que isso vicia??) . Mas acabou parando logo que começou o terceiro trimestre (pois minha azia era forte que eu tive que dormir sentado durante muitas noites).

3. Estrias

Uma das minhas falsas memórias “favoritas” foi logo na primeira gravidez, quando pensei por um breve momento: “Eu devo ser uma mãe muito sortuda mesmo, eu não tenho nenhuma estrias ! ”-  Mas a verdade, a triste verdade estava por vir, quando meu marido disse – “Fernanda, espere, você não consegue ver a parte de baixo do seu estômago, consegue ?” Meu Deus, havia muitas estrias. Muitas mesmo. E não apenas na parte do meu estômago, mas também na parte de cima das coxas (que você também não consegue ver), em alguns pontos das costas dos braços e até nos seios. Eu até tenho estrias nos meus joelhos (sim, joelhos).

4. Emoções a flor da pele

No primeiro trimestre, lembro que estava pensando muito mais na parte física da gravidez. No segundo, as emoções vieram com tudo…

Lembro-me de assistir a um comercial da Pampers e começar a chorar assim que vi uma criança sorrindo. Outras coisas que me fizeram parecer uma criança sem mãe foi um filhote de cachorro, um sapatinho de bebê, uma criança caçando uma bolha no facebook, meu marido me mandando mensagens (várias vezes por dia). Perceba, a gravidez quebrou meus canais lacrimais (e eles ainda estão quebrados, e agradeço muito por isso).

5. Dedos inchados

Apesar de estar super grávida no começo do primeiro trimestre, eu realmente não parecia inchada. Tudo isso mudou rapidamente quando cheguei no segundo trimestre. Uma das mudanças físicas que mais senti ​​foi o inchaço das minhas mãos e pés, e sempre pioraram no final do dia. ?

Meus dedos pareciam linguiças, eu ainda podia colocar alguns sapatos mais folgados, mas meus dedos rechonchudos davam a impressão de que tinha absorvido toda água do mar. Eu tive que parar de usar todos os meus anéis, porque eu estava com medo de ficar preso por toda a minha, além de cortar toda a minha circulação e eu acabar morrendo (drama aqui).

6. Olhos inchados

O inchaço não se restringiu aos meus dedos das mãos e dos pés. Aprendi que até seus olhos podem ficar inchados quando entra na gravidez. Descobri quando fui ao meu oftalmologista, logo após o segundo trimestre, porque minhas lentes de contato pareciam estar menores. Não apenas meu “grau” mudou, mas também minha curvatura. Ele me disse que é comum disso ocorrer em mulheres grávidas.

No fim da consulta, comprei uma nova caixa de lentes que durou pouco, somente até o segundo trimestre (tchau dinheiro), onde desisti de usar lente e voltei aos óculos, até o nascimento!

Ah, gostaria de umas dicas de nutrição e fitness para as grávidas?

Dicas de nutrição durante a gravidez e como ficar na melhor forma após os partos, todos os passos explicados dividido em 3 trimestres. Alimentos, exercícios antes, durante e pós o nascimento do bebê. Para se inscrever, entre aqui.