Os gêmeos correm em famílias? Quais as reais chances?

2019-01-25 Off Por Rafael Souza

Há sempre muita discussão se ter gêmeos na família aumenta as chances de novos nascerem, e se ainda é verdade que o gene costuma pular uma geração. Veja como a hereditariedade afeta suas chances ter filhos gêmeos. ?

Se você ou seu parceiro tem casos de gêmeos na família, você pode estar se questionando como, exatamente, isso pode influenciar as chances de ter múltiplos filhos. A resposta: sim, porém em apenas alguns casos. Vamos estudar um pouco a ciência por trás da hereditariedade familiar e dos gêmeos.

Os gêmeos correm em famílias? Quais as reais chances?

Os gêmeos correm em famílias?

A hereditariedade que corre do lado da mãe eleva as chances de um casal conceber gêmeos fraternos. ( Gêmeos fraternos ocorre quando os dois bebês de dois óvulos que foram liberados dos ovários simultaneamente.) Algumas pesquisas indicaram que possuir gêmeos fraternos na família de forma direta a mãe pode duplicar as chances de conceber gêmeos fraternos .

Isso acontece pelo motivo de que um certo gene predispõe algumas mulheres à “hiperovulação”, ou seja, a liberação de mais de um óvulo durante cada ciclo menstrual. As mulheres que possuem esse gene parecem ter níveis naturalmente elevados de certos hormônios, incluindo aqueles atrelados à regulação da liberação de óvulos.

A hereditariedade que ocorre no lado do pai, porém, não eleva as chances de um casal ter múltiplos filhos. Isso acontece mesmo que sua família tenha vários casos de múltiplos. Os homens, não ovulam (ah vá ?), por isso, mesmo que tenham recebido o gene da hiperovulação de seus pais, isso não eleva as suas chances de conceber gêmeos.

E os gêmeos idênticos ou os casos de dois bebês que têm um conjunto idêntico de genes, porque vieram de um embrião fertilizado que se dividiu em dois? Gêmeos idênticos parecem surgir de uma combinação espontânea, informa os especialistas. E ainda não há evidência exata de que ser de uma família com casos de múltiplos idênticos tenha qualquer relevância sobre suas chances de ter gêmeos.

Os gêmeos pulam uma geração?

Você já deve ter ouvido falar que os gêmeos atravessam uma geração, e esse mito tem como base alguma verdade. Entenda o motivo: Se um homem recebe o gene da hiperovulação de sua mãe, ele pode assim passar esse gene para sua filha. E assim, sua filha se torna mais propensa a liberar mais de um óvulo quando ela ovula e, portanto, pode assim gerar gêmeos fraternos. Então os gêmeos, na realidade, pularam sim uma geração ?.

Qual a probabilidade de você ter gêmeos?

Cerca de 3,5% de todos os nascidos vivos em todo o mundo são para gêmeos. Sendo assim, há 3,5% de chance de você conceber gêmeos. Mas vários fatores – não apenas hereditariedade – nas mães podem elevar as chances de ter gêmeos . Estes incluem se uma mãe é:

  • Tem 35 anos ou mais
  • Está com excesso de peso
  • Fez algum tratamento para a fertilidade
  • Tem uma altura mais alta que a média 1,70
  • É afro-brasileira
  • Está em uma segunda gravidez

Se você se encaixar em um desses requisitos,  suas chances se elevam um pouco, mas ainda são relativamente baixas.

 

Ah, você é uma Mamãe de Primeira Viagem?

Conheça nosso Guia Prático para Mamães de Primeira Viagem, são 4 livros digitais que vão orientar de forma prática e correta como você deve se preparar para a chegada do seu bebê. É um passo a passo do que você vai precisar saber antes e após a chegada do seu neném. Direcionado para mães de primeira viagem, o curso tem como objetivo promover segurança no cuidado com o recém-nascido , além de abordar aspectos do crescimento e desenvolvimento infantil nos primeiros anos de vida. Para ter acesso, entre aqui,

 

 

Fonte 01

Fonte 01

Fonte 01