Problemas com o nervo ciático durante a gravidez

2019-01-24 Off Por Rafael Souza

É uma dor bem na sua parte de trás – literalmente. Descubra os motivos mais comuns que levam a dor ciática durante a gravidez e o que você pode fazer para conseguir aliviar essa dorzinha chata ?.

Você sabia que a gravidez iria trazer muitas sensações novas – como sentir a incrível primeira mexida do bebê dentro de sua barriga. Mas e essa dor nas costas que não para nunca? Isso pode não estar na lista de coisas boas da gravidez que você teve em mente quando descobriu sua gravidez.

Problemas com o nervo ciático durante a gravidez

Enquanto a maioria das futuras mães passam por algumas dores latejantes no meio das costas ou mesmo perto da bunda, um pequeno número de mulheres experimentam uma dor da ciática durante a gravidez – uma condição que causa muita dor, mas que felizmente temporária.

O que é ciática?

O nervo ciático, o maior nervo do corpo, inicia na parte baixa das costas, desce pelas nádegas e desce pela parte de trás das pernas até os tornozelos e pés. Quase sempre, a ciática  causa dor aguda, formigamento ou dormência que começa nas costas ou nas nádegas e se expande por toda a parte de trás das pernas – e ocorre quando esse nervo é comprimido por discos inchados, escorregadios ou rompidos, artrite ou um estreitamento da medula espinal (também denominado de estenose espinhal). Mas as vezes, as mulheres passas a ter dor ciática como um efeito colateral de curto prazo da gravidez.

 

O que causa ciática durante a gravidez?

Ao contrário do que muitos pensar, a ciática geralmente não tem sua origem na gravidez. A origem depende de cada caso, e geralmente envolve:

  • Ganho de peso e uma elevação na retenção de líquidos podem fazer uma pressão sobre o nervo ciático, onde ele passa pela pelve, comprimindo-a (ai!).
  • Seu útero no estado de expansão também pode apertar o nervo ciático na parte inferior da coluna.
  • Sua barriga e seios crescentes podem mudar seu centro de gravidade para frente, e assim esticam sua curva lordótica. Isso pode causar um esticamento nos músculos das nádegas e da região pélvica, apertando assim o nervo ciático.
  • Quando o bebê começa a alterar para a posição correta de parto durante o terceiro trimestre, a cabeça dele pode ficar diretamente sobre o nervo, causando uma grande dor na bunda (e nas costas e nas pernas).

O que você precisa saber sobre ciática durante a gravidez

A ciática quase sempre ocorrerá durante o terceiro trimestre , quando você e seu bebê estão ganhando mais peso (pode se desenvolver antes, mas não é comum). Quase sempre as mulheres sentem dor apenas de um lado, embora você possa estar com pouca sorte, e sentir em ambas as pernas.

A ciática pode ser frequente, ou dar um tempo ás vezes, dependendo da quantidade de pressão no nervo – assim, a dor pode ficar ainda maior à medida que você ganha peso e retém mais fluido. E ele pode ainda continuar por alguns meses depois do parto, até que você perca o excesso de peso e o fluido que pressiona o nervo.

O que você pode fazer para aliviar a dor ciática

  • Procure usar sempre uma compressa quente no local onde você sente a dor.
  • Quando puder, faça uma pausa das tarefas – procure tirar os sapatos em uma posição confortável, o que pode aliviar um pouco a dor nas costas.
  • Durma do lado do seu corpo não sente dor.  E saiba que a posição de dormir mais praticada pelas mulheres grávidas é quase sempre dormir do esquerdo.
  • Para maior conforto durante a noite, procure usar um colchão firme com bastante suporte para as costas, e ainda use um travesseiro de gravidez ou um travesseiro comum entre as pernas para ajudar a manter a pélvis em melhor alinhamento e aliviar o nervo ciático.
  • Faça algumas flexões pélvicas – eles ajudarão a deixar mais forte os músculos do núcleo e podem ajudar a diminuir a inflamação.
  • A natação também pode aliviar um pouco da pressão, já que a flutuação da água pode tirar temporariamente a coluna do peso da gravidez.
  • A acupuntura, algumas práticas quiropráticas ou mesmo a massagem pré-natal terapêutica (sempre com um profissional treinado e apto para atender gravidas) podem ajudar também. Uma rotina de fisioterapia personalizado também poderia oferecer algum alívio.
  • Tente ganhar peso sempre forma lenta – uma grande elevação do peso poderia exercer pressão indevida sobre o nervo ciático. Embora possa mudar muito de pessoa para pessoa, as mulheres que possuíam um IMC normal antes da gravidez quase sempre visam ganhar cerca de 2 a 4 quilos no primeiro trimestre.
    Se a dor for muito forte, fale com seu médico, que pode indicar paracetamol em uma dose que ajude com a dor, mas mantenha você e o bebê seguros.

Ah, o que pode ajudar também é a Yoga para Grávidas.

Pacote de vídeo aulas criado especialmente para grávidas. Melhora a saúde, ameniza os desconfortos e traz melhor conexão entre mamãe e bebê durante a gestação. Aulas estão compostas de meditações guiadas, posturas de Yoga e exercícios de relaxamento pensadas para esse período tão especial. Para ter acesso, entre aqui.